Marilena Chauí explica o ódio na Brasil

Sinopse: Marilena Chauí, filósofa e professora emérita da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), comentou o avanço da chamada judicialização da política que, em sua opinião, é o modus operandi da política neoliberal. “A judicialização que nós assistimos no Brasil não é um destempero de um bando de ignorantes, loucos, malucos, completamente servis. Essa coisa desmoralizante. Ela é a maneira mesma da política neoliberal. Judicializar é neutralizar a possibilidade de dar voz ao conflito e deixá-lo se desdobrar politicamente na sociedade”.

Privatizações: a distopia do capital (2014), de Silvio Tendler

Sinopse: Documentário do cineasta Silvio Tendler, 2014, 56 min.  Trata das privatizações na década de 1990, que chegam ao Brasil junto com a ascensão do neoliberalismo mundial, fazendo uma análise crítica de suas consequências. A lógica por trás da legitimação do Estado mínimo é retratada através de imagens que ilustram, com muita clareza e cuidado, como o governo foi capaz de gerenciar a venda de ativos públicos ao setor privado garantindo um desmonte do Estado Brasileiro. O documentário conta com a participação de intelectuais, professores e líderes de sindicatos, que explicam sobre o processo de privatização pelo capitalismo.

Escola Sem Partido ameaça o livre pensamento

Sinopse: Organizado nas redes sociais, o projeto Escola Sem Partido busca fiscalizar e combater o pensamento de esquerda na educação. Integrantes do projeto afirmam que o objetivo é evitar a “doutrinação marxista” e também retirar as obras de Paulo Freire das escolas. Porém, o escola sem partido tem ameaçado o direito de professores se manifestarem nas salas de aula. Em algumas cidades, por exemplo, educadores correm o risco de demissão no caso se manifestem sobre política ou sobre questões étnicas e de gênero. Para os setores progressistas, o projeto é uma das estratégias golpistas para silenciar vozes divergentes. Mas afinal, como a discussão ideológica deve frequentar no cotidiano escolar?

Convidado: Edson Fasano

Fonte: TVT

O que a criança indígena deve aprender na escola?

Sinopse: Com a rigidez dos currículos escolares, existe dificuldade em encontrar escolas que trabalham com a diversidade dos estudantes indígenas. Ou seja, a educação escolar muitas vezes entra em conflito com a cultura apreendida nas aldeias e comunidades rurais. Questões éticas, linguísticas e princípios familiares são tensionados diariamente nas salas de aula. Mas afinal, como superar os desafios e promover…

Criança e consumo – Instituto Alana

Repórter Eco – publicado em 2 de ago de 2016

Sinopse: O Instituto Alana comemora os 10 anos do “Criança e Consumo”- projeto que avalia o impacto da publicidade no desenvolvimento da infância . A ONG promove uma reflexão sobre o consumismo e propõe alternativas mais saudáveis para as gerações futuras, como as brincadeiras perto da

Métodos de Alfabetização – Magda Soares

Métodos de alfabetização – Magda Soares – Entrevista – Canal Futura – Publicado em 18 de jul de 2013

Sinopese: Estamos sempre nos perguntando se utilizamos os métodos certos para alfabetizar. Existe um debate entre quem pensa que a associação entre sons e letras é mais eficaz e outros que condenam esse tipo de abordagem por não considerar o contexto social do aluno e o conhecimento que ele já possui sobre leitura. Para tratar dessa questão, a educadora da UFMG, Magda Soares é a convidada do jornalista Antônio Gois nessa série de entrevista sobre os desafios de ensinar em suas múltiplas linguagens.