Ivo Dickmann… [et al.]

Pedagogia da Memória.  Chapecó: Sinproeste, 2017. Aqui

SUMÁRIO

PREFÁCIO – Pedagogia da memória: 20 anos reinventando a práxis com Paulo Freire – pg. 7. Ana Maria Araújo Freire

Paulo Freire vive! 20 anos de memória e presença na práxis dos educadores – pg. 33. Ivo Dickmann

A aprendizagem em situação pedagógica à luz dos pressupostos freirianos – pg. 41. José Pedro Boufl euer, Teresinha Rita Boufl euer

Contribuições de paulo freire para a escola de tempo integral e a educação integral – pg. 57. Sherlon Cristina de Bastiani, Marciani Maciel, Juliane Colling

Educação de adultos com deficiência intelectual: diálogos com Paulo Freire – pg. 73. Tania Mara Zancanaro Pieczkowsk

“Pausa inspiradora”: intervenção para promover a autonomia discente com base em pressupostos freireanos – pg. 87. Silvana Maia Borges, Juliana Maia Borges

A questão da afetividade no processo de ensino – pg 105. Ana Paula Pereira da Silva Rommel

O direito ao acesso gratuito ao ensino superior no Brasil como garantia do direito fundamental social à educação – pg. 117 Alexandra Vanessa Klein Perico, Andrei Finco

Paulo Freire vive na luta da mulher camponesa! Pg. 137. Sirlei Antoninha Kroth Gaspareto

Paulo Freire y educación intercultural: la vigencia de la pedagogía de la liberación: el caso de las Licenciaturas Interculturales de Unochapecó en tierras indígenas Kaingang – pg. 155. Jorge Alejandro Santos, Leonel Piovezana

Para uma educação jurídica libertadora: reflexões freireanas – pg. 185. Maria Aparecida Lucca Caovilla, Carmelice Faitão Balbinot

Desenvolvimento da autonomia de sujeitos à luz de Paulo Freire: o método criativo-sensível na pesquisa em saúde – pg 211. Janaína Carneiro de Camargo, Bianca Joana Mattia, Lucimare Ferraz, Maria Elisabeth Kleba

Integração ensino-serviço na reorientação da formação em saúde: aproximações com a obra de Freire – pg. 229. Carine Vendruscolo, Maria Elisabeth Kleba, Letícia de Lima Trindade, Marta Lenise do Prado, Simone Amestoy

Metodologia da problematização com o Arco de Maguerez como caminho de pesquisa participativa com inspiração freireana: um relato de experiência – pg. 243. Aline Tecchio Borsoi, Carla Rosane Paz Arruda Teo, Solange Maria Alves

Educação em Direitos Humanos

Projeto Respeitar é Preciso!.  Instituto Vladimir Herzog, 2015

O Projeto Respeitar é Preciso!,  realizado pela SMDHC e pelo Instituto Vladimir Herzog (Vlado Educação) foi construído de modo participativo na Rede Municipal de Educação de São Paulo, com base em vários ciclos de formação, debate e amadurecimento do material pelos profissionais da educação.  O material pedagógico tem como o propósito a disseminação da educação em Direitos Humanos e da cultura do respeito no cotidiano das Unidades Educacionais da cidade.  Aqui

História em quadrinhos – Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas

História em quadrinhos – Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas 2010

Este material surgiu no âmbito do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), uma iniciativa do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação em parceria com a UNESCO, UNICEF e UNFPA. Dirigido a adolescentes e jovens, o objetivo principal do projeto é desenvolver estratégias de promoção dos direitos sexuais e direitos reprodutivos, promoção da saúde, prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, do HIV e da AIDS, e a educação sobre álcool e outras drogas por meio de ações articulas no âmbito das escolas e das unidades básicas de saúde. A série HQ SPE compreende 6 volumes de histórias em quadrinhos, 1 guia para professores utilizarem as histórias em sala de aula e um CD-ROM.

HQ SPE: guia para utilização em sala de aula

HQ SPE n. 1: Perguntas e respostas

HQ SPE n. 2: Todas as Claudinhas do mundo e mais: DS… o quê?

HQ SPE n. 3: A Vida como está e as coisas como são e mais: vamos conversar?

HQ SPE n. 4: Ficar ou não ficar? Partes 1 e 2

HQ SPE n. 5: Balada

HQ SPE n. 6

TAVARES, Celma

Educar em direitos humanos, o desafio da formação dos educadores numa perspectiva interdisciplinar. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy et al. Educação em direitos humanos: fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007. Aqui

COLORADO, Elkin

¿Quién responde por la formación de los docentes como sujetos de derechos em las facultades de educación? Folios – Revista de la Facultad de Humanidades – Universidad Pedagógica Nacional N.41, p.103-116, 2015, Colombia. Español.  Aqui