De gravata e unha vermelha

De gravata e unha vermelha, um filme de Miriam Chnaiderman, 2015

Sinopse: Documentário brasileiro, da psicanalista Miriam Chnaiderman. O filme traz entrevistas com diversas personalidades que, em suas histórias de vida, colocaram em perspectiva o modelo de identificação binário homem/mulher, e questionaram os estereótipos construídos para cada um dos sexos. São entrevistados o cantor Ney Matogrosso, a cartunista Laerte, a atriz Rogéria e o estilista Johnny Luxo, entre outros.
Classificação indicativa: 12 anos

XXY

XXY  - um filme de Lucía Puezo, 2006

Sinopse: Essa produção argentina conta a história de Alex, uma adolescente intersex de 15 anos, cujos pais decidem se isolar em uma pequena cidade, logo após seu nascimento. Com traços fenotípicos predominantemente femininos, Alex possui, entretanto, genitais masculinos. Seus conflitos de identidade permanecem sob controle até entrar na adolescência e interessar-se por um rapaz. Alex, inicia, então, um processo de busca por sua identidade e descobertas relacionadas a sua sexualidade.

En Español. Legenda em Portugês

Classificação indicativa: 16 anos.

Repense o Elogio

Com apoio da ONU Mulheres, Avon lança documentário sobre a importância de elogiar meninas além da aparência. 2017

Sinopse: Repense o Elogio mostra como o tratamento diferenciado dado a meninos e meninas impacta a autoestima e reforça as barreiras de gênero. O documentário dá voz a vários adultos e a ainda mais crianças e adolescentes – entre elas, algumas bem conhecidas e porta-vozes dessa geração, como a cantora MC Soffia e as youtubers Carol Santina e Natália Correa. Foram entrevistadas mais de 80 pessoas nas cidades de São Paulo, Curitiba, Piracicaba, Santos e Recife em uma produção que durou 10 meses.

O que faz do Brasil o que mais mata travestis e transexuais no mundo?

Diálogo Brasil discute a crescente violência contra pessoas trans
Diálogo Brasil
Exibido em 26/06/2017

Sinopse: Para comemorar o Dia Internacional do Orgulho LGBT e para debater as políticas públicas de proteção à comunidade trans, a necessidade de apoio psicológico e psiquiátrico, questões de segurança, saúde e visibilidade trans, o Diálogo Brasil convida a coordenadora-geral de Promoção dos Direitos LGBT do Ministério dos Direitos Humanos, Marina Reidel, e o psiquiatra e professor da Universidade de Brasília Gabriel Graça.

Minha vida de João

Instituto Promundo. Desenho animado sem fala. 20 min

Sinopse: Desenho animado que conta a história de João, um garoto que, como tantos outros, vive numa sociedade machista e que se pauta por padrões rígidos de gênero. Criado para gerar questionamento sobre machismo e relações de gênero. O filme acompanha a vida de João e ilustra aspectos de uma educação sexista, situações de violência doméstica, primeira experiência sexual, gravidez da namorada, primeiro emprego, entre outros. Acompanha guia de discussãoAqui

 

Ideologia de gênero: quem criou, por que e para que?

Sinopse: Neste vídeo a Profª Drª Jimena Furlani (UDESC) apresenta conclusões de sua pesquisa acerca do surgimento da narrativa chamada “ideologia de gênero”, no Brasil e no mundo. Argumenta que se trata de uma interpretação acerca dos Estudos de Gênero e desse conceito, que surge no interior da Igreja Católica e do Movimento Internacional/Nacional Pró-Vida e Pró-Família.

Ideologia de Gênero – Parte 1/6 – Quem criou, por que e para que?

[embed]http://www.youtube.com/watch?v=5ro1O10l0v8[/embed]

Ideologia de Gênero – Parte 2/6 – A “Teoria da Conspiração” – de Marx a Butler

[embed]http://www.youtube.com/watch?v=r2YqtqtWUb4[/embed]

Ideologia de Gênero – 3/6 – Sexo é da Biologia e Gênero é da sociedade e da cultura

¿Cómo hacer comunidade en La ciudad de México?

Serie “Feminismo comunitario”.

En Español.

Julieta Paredes, boliviana aymara precursora del feminismo comunitario. ¿Qué es el feminismo comunitario?

Video 1 de 3

Erika Enríquez, vocera del feminismo comunitário em la CDMX.

¿Cómo hacer comunidad en la ciudad de México? Video 2 de 3 

Julieta Paredes y Erika Enríquez, nos cuentan que el feminismo comunitario se teje todos los días.

La utopía es algo que se construye todos los días. Video 3 de 3