A apropriação e construção do saber docente e a prática cotidiana

O artigo está muito bem estruturado, embora deixa transparente a estrutura do texto maior do qual se origina, ou seja, da tese de doutorado da autora. A temática do artigo: o saber docente é muito sugestiva e interessante, principalmente para que está trabalhando com formação de professores. A autora também é detalhista em informações a respeito do referencial teórico que iluminou a colheita e análise dos dados, da metodologia empregada e dos âmbitos e eixos de análise.

O artigo constitui uma síntese da tese de doutorado da autora, defendida no Departamento de Didática e Organização Escolar da Universidade de Barcelona, em novembro de 1993. A autora é professora de Educação da UFMG.

A categoria “excluído”

O artigo é superficial, mais interessante por apontar para diversas formas de exclusão na sociedade. O autor sublinha as relações de poder existentes entre o “incluído” e o “excluído”.

O autor utliza uma linguagem bastante estimulante ao construir seu pensamento por meio de perguntas e questionamentos do leitor.

A socialização incompleta: os jovens delinquentes expulsos da escola

O autor realiza uma boa análise sobre a situação da juventude das classes populares. Pobreza, violência, discriminação, desempregos são situações concretas enfrentadas dia-a-dia por milhares de jovens. A marginalidade é sempre um caminho, e a não socialização provocada pelo abandono da escola é um fator que contribui neste processo.

Resumo do texto preparado anteriormente pelo autor para a coletânea “”O Massacre dos Inocentes””, organizada por J.S.Martins (São Paulo, 1991). O autor pertence ao núcleo de Estudos da Violência e ao Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo.

ABREU, JONIEL VIEIRA DE

A implementação do direito à educação escolar indígena no município de Santarém no período de 2006 a 2012. DISSERTAÇÃO. Universidade Federal do Pará. Educação. 2014. (TAG: Igualdade; Diferença; Promoção de direitos; Direito à educação escolar indígena.) Aqui

Abriendo horizontes: el reto de educar en derechos humanos con maestros

O texto é claro já que procura descrever uma experiência concreta na área de educação em Direitos Humanos com professores. É muito interessante, não só em relação à metodologia utilizada, como também nos dados obtidos durante as pesquisas realizadas nas oficinas. Trata-se de um texto básico para qualquer grupo que deseje desenvolver um trabalho de educação em Direitos Humanos.