Negra Luz

MultiRio – 17/10/2017

Uma roda de conversa sobre a cultura afro-brasileira, o movimento negro e a questão racial no Brasil. Apresentadoras: Nilze Carvalho, cantora, compositora e produtora; Vilma Melo, atriz. Convidados: Carolina Pires, arte-educadora e doutoranda em Sociologia e Direito; Gustavo Pinto, professor de História da SME-Rio; Jaime Pacheco, mestre em Educação e professor de História da SME-Rio; Wania Sant’anna, historiadora e pesquisadora de relações de gênero e relações étnico-raciais

Coisa de branco, até quando?

Para mim é tão grave quanto um médico que não atende um paciente preto e pobre na emergência. Para William Waack a vida do preto, o pensamento do preto, a atitude do preto, os direitos do preto são menores e tudo nele vale menos
Por Elisa Lucinda – 11 de novembro de 2017

Globo pagou propina por direitos de TV, diz testemunha do caso Fifa

Executivo argentino de marketing esportivo disse que a emissora brasileira, a americana Fox e a mexicana Televisa participaram do esquema
Por Carta Capital – Redação — publicado 14/11/2017 
Num dos depoimentos do julgamento do escândalo de corrupção na Fifa, em curso desde a segunda-feira 13 em Nova York, a Rede Globo foi citada como uma das seis empresas de comunicação que teriam pago propina para obter direitos de transmissão de torneios internacionais.

Proclamação da República: historiadores concordam que monarquia sofreu um ‘golpe’

Meses após o Marechal Deodoro da Fonseca enganar a própria mulher, burlar as recomendações médicas e levantar da cama – onde havia passado a madrugada daquele 15 de novembro febril – para proclamar a República brasileira, o país já conhecia a primeira crítica articulada sobre o processo que havia removido a monarquia do poder em 1889.

Vinícius Mendes de São Paulo para a BBC Brasil

Maia Diz Que Cortar Aposentadorias Pode Ser Uma Saída Para Frear Crise

Para justificar necessidade de alterar regras previdenciárias, presidente da Câmara disse que o país pode ser obrigado a adotar medidas de austeridade semelhantes às adotadas por Portugal em 2010.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (8) que o Brasil terá que adotar medidas duras de austeridade – como cortar salários de servidores públicos e aposentadorias, além de elevar impostos – caso a reforma da Previdência não seja aprovada pelo Congresso Nacional.

De gravata e unha vermelha

De gravata e unha vermelha, um filme de Miriam Chnaiderman, 2015

Sinopse: Documentário brasileiro, da psicanalista Miriam Chnaiderman. O filme traz entrevistas com diversas personalidades que, em suas histórias de vida, colocaram em perspectiva o modelo de identificação binário homem/mulher, e questionaram os estereótipos construídos para cada um dos sexos. São entrevistados o cantor Ney Matogrosso, a cartunista Laerte, a atriz Rogéria e o estilista Johnny Luxo, entre outros.
Classificação indicativa: 12 anos

XXY

XXY  - um filme de Lucía Puezo, 2006

Sinopse: Essa produção argentina conta a história de Alex, uma adolescente intersex de 15 anos, cujos pais decidem se isolar em uma pequena cidade, logo após seu nascimento. Com traços fenotípicos predominantemente femininos, Alex possui, entretanto, genitais masculinos. Seus conflitos de identidade permanecem sob controle até entrar na adolescência e interessar-se por um rapaz. Alex, inicia, então, um processo de busca por sua identidade e descobertas relacionadas a sua sexualidade.

En Español. Legenda em Portugês

Classificação indicativa: 16 anos.

Futebol no Brasil: das origens à popularização

Futebol no Brasil: das origens à popularização–exposição virtual de aspectos da história do futebol. 2010

Sinopse: O Núcleo de Ação Educativa do Arquivo Público do Estado de São Paulo organizou exposição virtual, que busca lançar um olhar sobre a trajetória desse esporte tão presente em nosso cotidiano. Um destaque especial para Atividades Pedagógicas, cujo objetivo é oferecer ao professor sugestões pontuais de atividades a partir da utilização de diferentes linguagens: jornais, fotografias, revistas, textos diversos e músicas, favorecendo o uso de fontes históricas na escola.   Aqui

Educação em Direitos Humanos – Sujeitos de Direitos

Projeto Respeitar é Preciso!.  Instituto Vladimir Herzog, 2015

Sinopse: Sujeitos de Direito, faz parte do conjunto de publicações do Projeto Respeitar é Preciso! que busca compartilhar orientações, subsídios e sugestões para implementar a cultura de
Educação em Direitos Humanos (EDH) nas escolas da Rede Municipal de Ensino da cidade de São Paulo. Este caderno traz o desafio de abordar o tema Sujeitos de Direito, noção aparentemente
abstrata, mas que ganha sentido no campo educacional. Assim, com base numa reflexão sobre quem é esse sujeito de direito que cabe à EDH formar, vamos e fornecer pistas para ajudar a comunidade escolar a pensar sobre algumas questões e alguns desafios da escola de hoje. Aqui

Valija Pedagógica sobre TRATA de Personas

La Valija Pedagógica es un conjunto de herramientas conceptuales, didácticas y metodológicas, que permite abordar el problema de la Trata de Personas con propuestas pedagógicas. Los materiales incluidos en la Valija posibilitan el conocimiento de este flagelo, desde documentos, libros, informes, normativas y el modo de trabajarlo desde las instituciones y los Estados. La Valija está compuesta por dos grandes núcleos, las herramientas conceptuales y las didácticas, dentro de ellas distintas categorías dan cuenta de sus contenidos. Lo importante es que puede ser útil para diversas acciones: sensibilización, formación, incidencia, etc. Por ello te encontrarás con guías para campañas, foros, talleres y toda clase de documentos que desarrollan la Trata de Personas desde distintas aristas: informes de organismos de Estado, de instituciones, experiencias de trabajo, etc. Aqui