Documentário “Quando sinto que já sei”

78 minutos, 2014, Brasil. O documentário “Quando sinto que já sei” registra práticas educacionais inovadoras que estão ocorrendo pelo Brasil. A obra reúne depoimentos de pais, alunos, educadores e profissionais de diversas áreas sobre a necessidade de mudanças no tradicional modelo de escola. Projeto independente, o filme partiu de questionamentos em relação à escola convencional,…

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, UNIAFRO. SÃO PAULO, 2007

COLEÇÃO PERCEPÇÕES DA DIFERENÇA. NEGROS E BRANCOS NA ESCOLA Volume 10 – Eles Têm A Cara Preta! Vários autores; Gislene Aparecida dos Santos (Coord.)  Este exemplar apresenta práticas de ensino que foram partilhadas com aproximadamente 300 professores, gestores e agentes escolares da rede municipal de educação infantil da cidade de São Paulo. Trata-se da Formação…

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, UNIAFRO. SÃO PAULO, 2007

COLEÇÃO PERCEPÇÕES DA DIFERENÇA. NEGROS E BRANCOS NA ESCOLA 8 – Professora, existem santos negros? Histórias de identidade religiosa negra. Autora: Antonia Aparecida Quintão Neste volume se discutem aspectos do universo religioso dos africanos da diáspora mostrando a forma como a religião negra, transportada para a América, foi reconstituída de modo a estabelecer conexões entre…

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, UNIAFRO. SÃO PAULO, 2007

Coleção Percepções da Diferença. Negros e Brancos na Escola.  Volume 6: Por que riem da África? Autora: Dilma Melo Silva Muitas vezes crianças bem pequenas já demonstram preconceito em relação a tudo que é associado à África: música, literatura, ciência, indumentária, culinária, arte… culturas. Neste volume discute-se o que pode haver de preconceituoso em rir desses…

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, UNIAFRO. SÃO PAULO, 2007

Coleção Percepções da Diferença. Negros e Brancos na Escola.  Volume 5: Professora, não quero brincar com aquela negrinha! Autoras: Roseli Figueiredo Martins e Maria Letícia Puglisi Munhoz Este volume trata das maneiras como os professores podem lidar com o preconceito das crianças que se isolam e se afastam das outras por causa da cor/raça. Clique…

SANTOS, GISLENE APARECIDA – NEINB/USP

COLEÇÃO PERCEPÇÕES DA DIFERENÇA. NEGROS E BRANCOS NA ESCOLA NEINB – Núcleo de Apoio à Pesquisa em Estudos Interdisciplinares sobre o Negro Brasileiro da Universidade de São Paulo – USP. 2007. Vol. 4 –  Cabelo bom. Cabelo ruim. Autora: Rosangela Malachias Muitas vezes, no cotidiano escolar, as crianças negras são discriminadas negativamente por causa de seu…

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, UNIAFRO. SÃO PAULO, 2007

COLEÇÃO PERCEPÇÕES DA DIFERENÇA. NEGROS E BRANCOS NA ESCOLA Vol. 3 – Moreninho, Neguinho, Pretinho – Autor: Luiz Silva – Cuti  Este volume mostra como os nomes são importantes e fundamentais no processo de construção e de apropriação da identidade de cada um. Discute como as alcunhas e os xingamentos são tentativas de desconstrução/desqualificação do outro, e…