‘Amazônia é úmida, não queima sozinha, é sempre ação criminosa’. Declaração foi dada pelo ex-presidente do Inpe, Ricardo Galvão  

Ex-presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão acusou o governo de Jair Bolsonaro de ter uma mentalidade “obscurantista e autoritária”. O físico foi homenageado na manhã desta quarta-feira, 04, na sede da Academia Brasileira de Ciências (ABC), no Rio, um mês depois de ter sido exonerado do cargo por ordem do presidente…

“Nem a ditadura, nem o Estado Novo positivaram assim o auto de resistência”, afirma professor de Direito

Em audiência pública sobre o pacote de segurança pública de Sergio Moro, o jurista Gabriel Sampaio destacou a ação política protagonizada pelo movimento negro brasileiro contra o projeto do Ministro da Justiça Texto / Pedro Borges O pacote sobre mudanças nas regras sobre a segurança pública do país apresentado pelo Ministro da Justiça Sergio Moro foi…

Por que punir os mais pobres se há alternativa de se arrecadar mais e, ao mesmo tempo, fazer justiça fiscal e social?

21 Março 2019 “Mais de 75% da ‘economia’ que governo espera da “Nova Previdência” incidem sobre os beneficiários do Abono Salarial, do INSS (rural e urbano) e do BPC, cujos benefícios situam-se próximos do piso do salário mínimo”, constata Eduardo Fagnani, doutor em economia e professor no Instituto de Economia da Unicamp, em artigo publicado por CartaCapital, 20-03-2019.   Segundo ele,…

Concurso da UFF é o primeiro do país a dar pontos extras para professoras com filhos

Medida é para diminuir desvantagem das mulheres que, por conta da licença-maternidade, tiveram que diminuir produção acadêmica e saem atrás na disputa por bolsas de pesquisa Bruno Alfano 28/02/2019 – 09:43 / Atualizado em 28/02/2019 – 11:49 RIO – Um edital da Universidade Federal Fluminense (UFF) recém-publicado inclui um mecanismo inédito para equilibrar a concorrência…

Escolas federais custam menos que as militares e têm desempenho superior no Enem

Por Dagmara Spautz Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) determina o fomento à criação de escolas cívico-militares em todo o país. Embora o documento não detalhe de que forma será feita a implantação, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, afirmou que a inspiração será a experiência dos colégios militares, que têm desempenho acima da…

ENTREVISTA – ‘Novo governo é o triunfo da ignorância e da estupidez’, diz Leonardo Boff

“Como pôde acontecer tudo isso e tanta insensatez em nosso país? Onde nós erramos? Como não conseguimos prever esse salto rumo à Idade Média?”, questiona o teólogo

São Paulo – Para o teólogo Leonardo Boff, o início do governo de Jair Bolsonaro mostra “todo o despreparo” do presidente eleito. “É contraditório, não sabe bem o que quer, nem sequer conhece as reais necessidades do país.” Mais do que isso, ele acredita que o novo presidente, que tomou posse no dia 1° de janeiro, “é a maior desgraça que ocorreu em nossa história”. Para Boff, a chegada dos atuais comandantes do país “é o triunfo da ignorância e da estupidez”.

‘Nosso rio está morto’, lamenta cacique de aldeia indígena a 22 km de Brumadinho

Aldeia NaoXohã, afetada por rompimento da barragem, fica às margens do rio Paraopeba.

Por Paula Paiva Paulo, G1 — Brumadinho

29/01/2019 14h38 Atualizado há 5 dias

O rompimento da barragem em Brumadinho aconteceu no começo da tarde de sexta-feira (25). A lama de rejeitos seguiu descendo o Rio Paraopeba, e na manhã de sábado (26) chegou a aldeia indígena NaoXohã, em São Joaquim de Bicas, a 22 km de Brumadinho.