Ideologia de gênero: quem criou, por que e para que?

Sinopse: Neste vídeo a Profª Drª Jimena Furlani (UDESC) apresenta conclusões de sua pesquisa acerca do surgimento da narrativa chamada “ideologia de gênero”, no Brasil e no mundo. Argumenta que se trata de uma interpretação acerca dos Estudos de Gênero e desse conceito, que surge no interior da Igreja Católica e do Movimento Internacional/Nacional Pró-Vida e Pró-Família.

Ideologia de Gênero – Parte 1/6 – Quem criou, por que e para que?

[embed]http://www.youtube.com/watch?v=5ro1O10l0v8[/embed]

Ideologia de Gênero – Parte 2/6 – A “Teoria da Conspiração” – de Marx a Butler

[embed]http://www.youtube.com/watch?v=r2YqtqtWUb4[/embed]

Ideologia de Gênero – 3/6 – Sexo é da Biologia e Gênero é da sociedade e da cultura

¿Cómo hacer comunidade en La ciudad de México?

Serie “Feminismo comunitario”.

En Español.

Julieta Paredes, boliviana aymara precursora del feminismo comunitario. ¿Qué es el feminismo comunitario?

Video 1 de 3

Erika Enríquez, vocera del feminismo comunitário em la CDMX.

¿Cómo hacer comunidad en la ciudad de México? Video 2 de 3 

Julieta Paredes y Erika Enríquez, nos cuentan que el feminismo comunitario se teje todos los días.

La utopía es algo que se construye todos los días. Video 3 de 3 

The Brazilian carnival Queen deemed “too black”.

The Guardian documentary, 2016.

Sinopse: Nayara Justino thought her dreams had come true when she was selected as the Globeleza carnival queen in 2013 after a public vote on one of Brazil’s biggest TV shows. But some regarded her complexion to be too dark to be an acceptable queen. Nayara and her family wonder what this says about racial roles in modern Brazil

Em português. Subtitle in english

Aqui

Entendendo o livro “Brasil: uma biografia”

Companhia das Letras

Sinopse: As autoras Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Starling conversam sobre os conceitos que fundamentam seu livro intitulado, Brasil: uma biografia, 2015 – Ed. Compahia das Letras.

Identidade (cap. 6)

 

Preconceito, Racismo, Escravidão e Violência (cap. 9)