MANUÁRIO – VERA CANDAU

Produção Executiva TATHIA – TV INES. 7:14 min. 2015.

Sinopse: O programa apresenta o perfil e o sinal de Vera Ferrão Candau. Ela é uma educadora e pedagoga brasileira com formação pela Universidad Complutense de Madrid. Vera pensa no processo de reinvenção do ensino. Para ela, reinventar a escola supõe recriar a qualidade de educação. Acompanhe no Manuário!

Manuário é um programa que apresenta novos itens lexicais em Libras. É um dicionário acadêmico bilíngue:  Língua Brasileira de Sinais e Português. A pesquisa é desenvolvida pela equipe do DESU- Departamento de Ensino Superior do INES/ Instituto Nacional de Educação de Surdos. A cada episódio são apresentadas curiosidades, cultura e história sobre a vida de filósofos, pensadores e personalidades marcantes. O programa auxilia estudantes surdos, ouvintes e intérpretes, na leitura e aprendizado dos sinais de cada personagem.

Manuário – Vera Ferrão Candau

Mídias Radicais e a Contra-Narrativa Popular

Sinopse: Diversos estudos apontam que a mídia é fundamental na construção do imaginário social. Ou seja, a percepção de realidade e os discursos são influenciados pelas informações que circulam na imprensa. O problema central é que, muitas vezes, a mídia produz mensagens que justificam a violência contra os mais pobres. Na tv, no rádio e na internet, conservadores criam narrativas que ajudam a repressão e o genocídio de minorias. As mídias radicais cresceram nas últimas décadas como uma contra-narrativa dos setores populares. Sem depender da imprensa tradicional, jovens passaram a enfrentar a violência usando alternativas de comunicação. Mas afinal, o que são as mídias radicais? E por que são importantes para os setores populares?

Convidado: Juarez Xavier

Escola Sem Partido ameaça o livre pensamento

Sinopse: Organizado nas redes sociais, o projeto Escola Sem Partido busca fiscalizar e combater o pensamento de esquerda na educação. Integrantes do projeto afirmam que o objetivo é evitar a “doutrinação marxista” e também retirar as obras de Paulo Freire das escolas. Porém, o escola sem partido tem ameaçado o direito de professores se manifestarem nas salas de aula. Em algumas cidades, por exemplo, educadores correm o risco de demissão no caso se manifestem sobre política ou sobre questões étnicas e de gênero. Para os setores progressistas, o projeto é uma das estratégias golpistas para silenciar vozes divergentes. Mas afinal, como a discussão ideológica deve frequentar no cotidiano escolar?

Convidado: Edson Fasano

Fonte: TVT

O FUTURO DA HUMANIDADE – Escravos da Tecnologia – Animação Steve Cutts

Amimação super realista mostra a realidade de um futuro onde a tecnologia fará de nós zumbis controlados e escravos dela, ou quem sabe já ateé seja presente, achei super chocante a riqueza de detalhes da animação, e parabenizo ao criador o animador Stevie Cutts, abaixo deixo link do canal dele, o link do video Original…

Criança e consumo – Instituto Alana

Repórter Eco – publicado em 2 de ago de 2016

Sinopse: O Instituto Alana comemora os 10 anos do “Criança e Consumo”- projeto que avalia o impacto da publicidade no desenvolvimento da infância . A ONG promove uma reflexão sobre o consumismo e propõe alternativas mais saudáveis para as gerações futuras, como as brincadeiras perto da

Um Brasil sem o básico

Reportagem retrata diferentes realidades do saneamento básico do país

Caminhos da Reportagem – no AR em 22/03/2018

Sinopse: Mais de 30 milhões de brasileiros não têm água tratada. Quase metade da população do país não tem esgoto coletado e apenas 42% desse esgoto coletado é tratado. Quatro milhões de habitantes ainda não têm acesso a banheiro. Os dados são do Instituto Trata Brasil e refletem a situação do saneamento básico no Brasil. Nossa equipe de reportagem esteve nos estados do Pará, Amapá, Distrito Federal, Alagoas e São Paulo para retratar as diferentes realidades do saneamento básico do país. O programa mostra que a falta de saneamento básico pode trazer uma série de doenças e causar vários impactos ao meio ambiente.