Com o lema “Proteger a vida, construir saberes e sonhos, cuidar da casa comum!”,  buscamos contribuir para a reflexão sobre os desafios, urgências e inquietudes da educação diante deste cenário de pandemia e desigualdade social, promovendo experiências e práticas educativas que favoreçam a tessitura de contextos críticos, humanitários, plurais e democráticos que afirmem, sobretudo, os direitos humanos.

 

160 – Abril/Maio – Nesse exemplar, as diferentes seções ressaltam a importância de compreendermos a valorização da vida em suas diferentes dimensões (pessoal, social, econômica, política, cultural, ambiental) como centro da ação educativa. Para tanto, que possamos seguir na caminhada, fortalecendo nossas ações e esperanças, sintonizando a fecundidade criadora da nossa prática educativa com aquilo que afirma o nosso saudoso Paulo Freire: “Não sou esperançoso por teimosia, mas por imperativo existencial e histórico”.

Aqui.

 

161 – Junho/Julho – Em sintonia com o Lema de trabalho da Novamerica deste ano, esse busca refletir sobre a prática do cuidado com a Casa Comum, com a nossa comunidade e com a construção de saberes outros e práticas educativas orientadas a sustentabilidade da vida e promoção da participação cidadã. Dessa forma, evoca a importância das experiências comunitárias, dos movimentos coletivos de insurgências e resistências que afirmam o papel da cidadania ativa e da solidariedade como um estilo de vida frente aos desafios do mundo contemporâneo.

Aqui.